Sou de Cristo

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

LEMBRE-SE E CREIA: DEUS NOS AMA!

Religião Verdadeira com Bp. Walter McAlister
www.waltermcalister.com.br
Fonte: http://www.youtube.com/user/BpWalterMcAlister?feature=watch
Fonte: http://www.youtube.com/user/neia3915?feature=watch

É bom pensar e lembrar do amor de Deus! Quanto nos ama Jesus! Deus nos ama! Você tem dúvida disso?

Marta e Maria não tinham dúvida disso quando o irmão delas ficou doente logo antes de morrer... ao mandarem a notícia pra Jesus da terrível enfermidade de Lázaro, a mensagem não foi “Senhor, aquele que Te ama está enfermo” mas “Senhor, está enfermo aquele a quem Tu amas” (Jo 11.3).

No evangelho de João 15.13 Jesus declara: “NINGUÉM TEM MAIOR AMOR DO QUE ESTE, DE DAR ALGUÉM A SUA VIDA PELOS SEUS AMIGOS.”

Na Catedral de São Paulo, Londres, existe uma estátua tamanho natural, marmórea de Cristo que se estorce em angústia na cruz. Abaixo dela está escrito: “Assim é como Deus amou o mundo!”


Ele nos amor dando sua vida por nós...

Por que isso teve que acontecer? Porque ele teve que morrer por nós? Lembram? Éramos dele! Inteiramente dele. Nossos primeiros pais (Adão e Eva) se perderam por causa do pecado... (e em Gn 3.9 após terem pecado, Deus vai em busca deles... “Adão, ... onde você está?”... e não consigo olhar aqui pra Deus como se ele fosse um policial ... mas como um Pai com o coração partido que procura uma criança perdida...). Ali ele nos perdeu! Ali, por causa da escolha que nossos primeiros pais fizeram, todos nos tornamos escravos do pecado e da maldade, como descendentes deles... condenados! E DEUS NOS AMAVA TANTO.... COMO DEVE TER SIDO DIFICIL PRA DEUS NOS VER PARTINDO....

Quem Ele seria se nunca mais viesse a nos ter? Certamente ele continuaria a ser (independente de nós):
Glorioso... (Sl 19.1 Os céus proclamam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos. 2 Um dia faz declaração a outro dia, e uma noite revela conhecimento a outra noite. 3 Não há fala, nem palavras; não se lhes ouve a voz. 4 Por toda a terra estende-se a sua linha, e as suas palavras até os confins do mundo.)
Adorado... (Is 6. 3 E clamavam uns para os outros, dizendo: Santo, santo, santo é o Senhor dos exércitos; a terra toda está cheia da sua glória.) SANTO (Pai) SANTO (Filho) SANTO (Espírito Santo) estão separados e totalmente independentes de suas criaturas caídas...
Servido... (At 17.24 O Deus que fez o mundo e tudo o que nele há, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens; 25 nem tampouco é servido por mãos humanas, como se necessitasse de alguma coisa; pois ele mesmo é quem dá a todos a vida, a respiração e todas as coisas;)
PRA SEMPRE E SEMPRE!


PORTANTO VEJAM, ele não precisa de nós pra Sua glória! Sem nós ele continuaria sendo Deus, grandioso, majestoso reinando em Sua glória sendo servido e adorado por seus servos anjos que nunca O desobedeceram ou O entristeceram com pecado... Mas esse Deus tremendo, majestoso e totalmente independente de suas criaturas caídas no pecado, tem demonstrado na história que Seu amor por essas criaturas, mesmo sendo sujas e maldosas, é grande demais...
APESAR DE GLORIOSO E ADORADO: Fp 2.6 - o qual, subsistindo em forma de Deus, não considerou o ser igual a Deus coisa a que se devia aferrar, 7 mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, tornando-se semelhante aos homens; 8 e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz.
APESAR DE SERVIDO: Mc 10.45 - Pois o próprio Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos


É como a história daquele garotinho... talvez você conheça a história:
“Certa vez um menino que gostava de fazer seus próprios brinquedos, com pedaços de madeira e ferragens velhas, começou construir um barquinho. Levou muito tempo ajeitando as peças; o seu pai o ajudou comprando peças e colaborando no que podia, pois aquele barquinho seria muito importante para ele. Alguns dias se passaram e finalmente o barquinho estava pronto. O menino fez seu primeiro teste e constatou que seu trabalho estava perfeito. Um dia, brincando no rio, seu barquinho foi levado pela correnteza e arrastado para muito longe, perdendo-se rio abaixo. O menino chorou muito, mas se conformou. Muito tempo depois, entrando numa loja de brinquedos, em outro lugar, viu seu barquinho todo limpinho, exposto na vitrine para ser vendido. Imediatamente foi falar com o dono da loja argumentando que aquele era seu barquinho. Como o homem se negou a devolvê-lo, ele chamou seu pai, porém o dono da loja não podia dá-lo de graça, já que havia pagado um bom preço por ele Os dois saíram, juntaram todo dinheiro que tinham e voltaram a loja para reaver o barquinho. O menino saiu muito feliz, e abraçando seu barquinho disse: ‘Agora sim, você é duplamente meu, primeiro por que foi feito por mim, e segundo, porque eu o comprei.’”

 


Gente, não foi assim que Jesus fez conosco?


Somos duplamente dEle! Ele nos fez e, depois de nos perder (na verdade, nós é que nos perdemos), pagou o preço pra nos ter novamente. Quanto amor!!! E é somente de volta nos braços de Cristo, nosso Criador, que encontramos razão e força pra viver... Pra João Calvino, nessa passagem, “Jesus fala de seu amor desejando nos inflamar com esse amor por nosso próximo...” Como nosso Senhor deseja que com o mesmo amor com o que Ele nos amou, nós amemos nosso próximo. Amemos os moradores de rua. Amemos as prostitutas. Os hereges. Aqueles que se perdem em vícios. Que amemos... que nos déssemos... que fizéssemos alguma coisa por esses pequeninos. E não só por esses, mas por tantos que convivem diariamente conosco nas igrejas, trabalhos, e famílias, pessoas com as quais falhamos constantemente na demonstração de amor e preocupação. Que nos preocupemos mais. Que amemos mais como Ele nos amou.

“e andai em amor, como Cristo também vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, como oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave” Ef 5.2
Fonte: http://wilsonporte.blogspot.com/

Se Deus nos ama e Ele é infinito, o amor que Ele sente por nós, é infinito (Jó 36:26).
Se Deus nos ama e Ele é eterno, o amor que Ele sente por nós, é eterno (Salmos 10:16).
Deus é infinito, eterno e Amor em essência (1 João 4:7-8)!

Mais informações: http://verdadesementirasnessemundo.blogspot.com/2012/07/o-implacavel-amor-do-nosso-deus-pai.html

QUE DEUS NOS ABENÇOE COM O AMOR DELE!

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Aborto É Igual Holocausto e Escravidão

Fonte: http://www.youtube.com/user/blogjuliosevero?feature=watch

Quem é contra a escravidão não pode ser a favor do aborto.
Martin Luther King disse.

Escravidão e aborto: argumentos iguais para iniqüidades iguais (aborto é pior, é morte, mãe matando filho):

1) O negro não é uma pessoa humana e pertence a seu dono. 
2) Não é pessoa perante a lei, mesmo que seja tido por ser humano. 
3) Só adquire personalidade perante a lei ao ser liberto, não havendo antes qualquer preocupação com sua vida. 
4) Quem julgar a escravidão um mal, que não tenha escravos, mas não deve impor essa maneira de pensar aos     outros, pois a escravidão é legal.
5) O homem tem o direito de fazer o que quiser com o que lhe pertence, inclusive com seu escravo (bebê).
6) A escravidão é melhor do que deixar o negro enfrentar o mundo.


Em 1973, no caso Roe vs. Wae, os argumentos utilizados, naquele país, para hospedar o aborto foram os seguintes:
 

1) o nascituro não é pessoa e pertence à sua mãe;
2) não é pessoa perante a lei, mesmo que seja tido por ser humano;
3) só adquire personalidade ao nascer; 

4) quem julgar o aborto mau, não o faça, mas não deve impor essa maneira de pensar aos outros; 
5) toda mulher tem o direito de fazer o que quiser com o seu corpo; 
6) é melhor o aborto, do que deixar uma criança malformada enfrentar a vida
 (Roberto Martins, Aborto no Direito Comparado , in A Vida dos Direitos Humanos).
Fonte: http://blogdemirianmacedo.blogspot.com/

Mais informações: http://blogdemirianmacedo.blogspot.com/search?q=aborto / http://www.youtube.com/playlist?list=PL6BC94D97EBF5DEFE / http://israelemportugues.blogspot.com/2012/07/abortoholocausto.html / http://israelemportugues.blogspot.com/2012/07/abortoholocausto-2.html / http://israelemportugues.blogspot.com/2012/08/abortoholocausto-3-180-graus.html

Martin Luther King:
Nós nunca devemos esquecer que tudo que Adolf Hitler fez na Alemanha era 'legal'.

Quem é a favor do aborto, seria a favor da escravidão se tivesse nascido a 200 (ou mais) anos atrás e a favor do Holocausto se tivesse nascido em 1900-1940.
Pensem nisso e Deus salve os indefesos!

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

VAMOS COMBATER O BULLYING URGENTEMENTE!


Vídeo "Bullying e as Responsabilidades":
http://www.youtube.com/watch?v=I05z4oekR9E
Amanda Todd:
http://en.wikipedia.org/wiki/Suicide_of_Amanda_Todd
Vïdeo onde Amanda Todd conta sua própria história:
http://www.youtube.com/watch?v=ej7afkypUsc

Nomes das vítimas citadas no vídeo, na ordem:
Dawn-Marie Wesley
Jamey Rodemeyer
Jamie Hubley
Jared Benjamin High
Joel Morales
Kelly Yeomans
Kenneth Weishuhn Jr
Marjorie Raymond
Megan Meier
Nicola Ann Raphael
Phoebe Prince
Rachel Ehmke
Ryan Patrick Halligan
Tyler Clementi

Estatísticas do bullying:
http://www.bullyingstatistics.org/
http://www.bullyingstatistics.org/content/bullying-and-suicide.html
Estatísticas do bullying (Brasil):
http://www.observatoriodainfancia.com.br/IMG/pdf/doc-100.pdf
STOP Bullying Cana:
http://stopbullyingcanada.wordpress.com/statistic/
Bullying Brasil:
http://www.bullyingbrasil.com.br/site/
Brasil Escola -- Bullying:
http://www.brasilescola.com/sociologia/bullying.htm
Estudante tenta suicídio após ser vítima de bullying em escola do Rio:
http://videos.r7.com/estudante-tenta-suicidio-apos-ser-vitima-de-bullying-em-...
Projeto "It Gets Better":
http://www.itgetsbetter.org/
Fonte: http://www.youtube.com/user/EuAteu/
Mais informação: http://www.youtube.com/watch?v=DN_-x69JZDY

15 de dezembro de 2010 (AlbertMohler.com/Notícias Pró-Família) — A edição de domingo do jornal The New York Times deu atenção de primeira página ao problema do bullying* entre adolescentes na internet. Não dá para se duvidar de que a internet e a explosão de mídias sociais estão facilitando a chegada de uma forma nova e profundamente sinistra debullying, e as consequências para muitos adolescentes são graves. Para alguns, a vida se torna uma estória de horror de insultos, rumores, difamações e pior.
Enquanto isso, muitos pais estão desnorteados sem saber como ajudar — quando não, estão completamente indisponíveis no momento.
Conforme informa Jan Hoffman: “Já é difícil apoiar uma criança enquanto ela passa pela experiência de estar cercada pelo bullying no pátio da escola. Mas o território sem lei da internet, seu potencial para crueldade casual e surpreendente e sua capacidade de acobertar a identidade de quem comete o bullying apresentam incertas mudanças novas para essa geração de pais analógicos nesta época de transições”.
Esses “pais analógicos” são muitas vezes vastamente menos equipados, em termos de conhecimentos especializados das mídias sociais em comparação com seus filhos digitais e seus colegas adolescentes. Não é de surpreender a ninguém, pois, que os que cometem bullying estejam ganhando a guerra.
Certa advogada de Nova Jérsei perguntou para uma plateia de um salão cheio de alunos da sétima série se eles já haviam sofrido bullying na internet. Dos 150, 68 levantaram a mão. Ela então perguntou: “Quantos de seus pais sabem como ajudar você?” Só três ou quatro levantaram a mão.
Conforme o artigo revela, muitos pais nem mesmo parecem saber que os “smartphones”** que deram para seus filhos são realmente computadores móveis. Outros pais parecem estar cegos para o fato de que esses aparelhos tanto enviam como recebem mensagens. Ainda outros se apegam a uma noção perigosa e irresponsável de privacidade dos adolescentes.
Os pais precisam assumir o controle. Armar-se com o conhecimento é o primeiro passo, mas reunir coragem para estabelecer limites, regras e consequências claras é de igual importância.
Só duas semanas antes do caso de bullying na internet, o jornal publicou outro artigo de primeira página sobre a natureza distraída dos adolescentes digitais. O jornalista Matt Richtel disse dos adolescentes que estavam aparentemente sem condições de fazer seus deveres de casa e tarefas de leitura, simplesmente porque não conseguiam colocar de lado seus aparelhos digitais.
Para o jovem Vishal Singh, de 17 anos, o livro sempre parece perder para o computador. Representante de milhões de seus colegas, Vishal se sente muito mais à vontade no mundo virtual de sua vida digital do que no mundo real, onde os livros precisam ser lidos, provas precisam ser feitas e notas serão dadas.
Considere estes parágrafos:
[Vishal] também joga vídeo games 10 horas por semana. Ele regularmente envia atualizações de sua situação no Facebook às 2h da madrugada, mesmo em noites escolares, e tem uma reputação tão forte por distribuir links de vídeos que seus melhores amigos o chamam de um “abusador de YouTube”.
Vários professores chamam Vishal de um de seus estudantes mais brilhantes, e eles ficam tentando imaginar o motivo por que as coisas não estão fazendo sentido. No último semestre, sua média de notas foi 2,3 depois de um pouco mais que um D em inglês e um F em álgebra II. Ele tirou A em crítica cinematográfica.
“Ele é um garoto apanhado entre dois mundos”, disse o sr. Reilly [diretor da escolar dele] — um que é virtual e um que tem exigências de vida real.
Vishal e sua mãe concordam em que ele não tem domínio próprio para desligar o computador e abrir o livro. Ele não está só. Richtel conta de Allison Miller, de 14 anos, que “envia e recebe 27.000 textos por mês, seus dedos clicando num ritmo vertiginoso enquanto ela mantém sete conversações de texto de uma vez só”. Sean McMullen, um estudante do grau 12, joga vídeo games por quatro horas por dia em dias escolares e joga o dobro nos finais de semana. Esses adolescentes não são casos isolados — eles representam o que constitui um novo padrão entre adolescentes dos EUA.
Essa sentença do artigo é de forma particular inesquecível: “Ele [Sean] diz que às vezes desejava que seus pais o forçassem a parar de jogar e começar a estudar, porque ele acha difícil parar quando tem a escolha”. Serão que eles estão dando atenção?
Ambos os artigos merecem uma leitura profunda, mas a obrigação dos pais está suficientemente clara. Os pais de adolescentes e jovens não podem se dar ao luxo de ficar enfiados num mundo analógico com conhecimentos ultrapassados, ao mesmo tempo em que seus filhos nasceram na era digital e estão vivendo num mundo cada vez mais distraído e perigoso.
Os pais não podem ser espectadores na vida de seus filhos, mas deviam fixar regras, estabelecer expectativas, impor limitações e constantemente monitorar a vida digital de seus adolescentes. Qualquer coisa menos é uma forma de negligência dos pais.
Quando um adolescente diz a um jornalista de jornal que ele desejava que seus pais o forçassem a desligar seus aparelhos digitais e começar a fazer seus deveres de casa, só podemos ficar aqui imaginando se seus pais ingênuos chegarão um dia a compreender o que está acontecendo.
O jornal The New York Times merece crédito por suas reportagens verdadeiramente importantes sobre a vida digital dos adolescentes dos EUA. Esses dois jornalistas estão fazendo o trabalho que todos os pais e mães de adolescentes deveriam estar fazendo o tempo todo.
A última palavra pertence a Katherine Nevitt, uma adolescente de 16 anos, que escreveu uma carta ao editor em resposta ao artigo de Richtel. Ela havia decidido por si mesma limitar sua exposição digital e diminuir suas distrações. “Só posso exortar meus colegas adolescentes a fazerem o mesmo”, escreveu ela. “Isto é, os três de vocês que estão lendo isso”.
Este artigo foi reproduzido com a permissão de http://www.albertmohler.com/
Notas do tradutor:
* Bullying é uma palavra em inglês que descreve atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo (bully, cuja tradução é valentão) ou grupo de indivíduos com o objetivo de intimidar ou agredir outro indivíduo (ou grupo de indivíduos) incapaz de se defender.
** Smartphone é um telefone celular com funcionalidades estendidas por meio de programas executados no seu Sistema Operacional.
Traduzido por Julio Severo: http://www.juliosevero.com/
PETIÇÃO CONTRA O BULLYING (em inglês): http://www.causes.com/causes/797178-demand-that-the-people-that-bullied-amanda-todd-to-death-are-held-responsible/actions/1692427?utm_source=causes&utm_medium=email&utm_campaign=WE612_981&causes_ref=email&template=newsletter_mailer%2Fnewsletter
MAIS INFORMAÇÕES DOS RESPONSAVEIS PELA MORTE DA AMANDA TODD: http://sepulnapalm.wordpress.com/2012/10/19/por-amanda-tood/ / http://jmartine3402.wordpress.com/2012/10/19/for-amanda-toddpor-amanda-todd/

 Se você sofre de bullying, procure seus pais, professores, qualquer um de seus parentes ou amigos, e em casos extremos, chame a polícia. Se você não sofre de bullying, ajude aqueles que sofrem! O mais importante de tudo, procure Deus, pois Ele te ama e só Ele pode te ajudar neste momento de sofrimento (seja ele qual for). Tenha fé em Deus e Ele vai te consolar, ou ore por aqueles que estão sofrendo!
 Que Deus abençoe todos vocês!

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

URGENTE: Morte Espiritual dos Estados Unidos! (2)


Para baixar em Vídeo (Mp4) ou Áudio (Mp3) acesse:
http://defesadoevangelho.com.br/baixar/

Ministério Online Defesa do Evangelho
WebSite: http://www.defesadoevangelho.com
Este ministério online tem por objetivo divulgar o Evangelho de Jesus Cristo. Como também defender as sãs doutrinas de Cristo. Que você seja edificado através deste ministério e que ele seja para a glória de Deus. Essa é a nossa oração. Defesa do Evangelho.
Fonte: http://www.youtube.com/user/defesadoevangelho?feature=watch
Mais informações: http://verdadesementirasnessemundo.blogspot.com/2012/10/urgente-morte-espiritual-dos-unidos.html

 Paul Washer deu este discurso anos atrás, e tudo que ele falou, está se concretizando a cada dia mais e mais nos Estados Unidos. Os Estados Unidos já vinha abandonando a fé a muito tempo, e agora que deixou de ser uma nação Cristã, em poucos anos se tornará uma nação anti-Cristã e perseguidora dos Cristãos legitimos. Caso você duvide disso, lembre-se que algumas décadas atrás, seria um absurdo dizer que Estados Unidos deixaria de ser uma nação Cristã, mas que agora, este absurdo se tornou realidade. Agora que esta nação apostata deixou de ser Cristã, nada imperdirá que ela se torne uma nação totalmente hostil ao Cristianismo e passe a perseguir os Cristãos Verdadeiros. Para se ter uma ideia do que está acontecendo nos Estados Unidos, você verá que o Cristianismo já perdeu todo o respeito neste país apostata:
 Tudo isso está acontecendo nos Estados Unidos e poderá acontecer no Brasil também, só basta ver o que está acontecendo no Congresso Brasileiro (veja: http://resistenciacristaj.blogspot.com/2012/10/pr-silas-malafaia-detona-ativistas.html ). O que podemos fazer diante de tudo isso? Pensem! Primeiro, alertar todos os Cristãos do que está acontecendo nos Estados Unidos, Brasil e no mundo. Segundo, despertatmos e voltamos para Deus e nos arrependemos de nossos pecados, pois Jesus Cristo esta vindo (veja: http://verdadesementirasnessemundo.blogspot.com/search?q=JESUS+CRISTO+EST%C3%81+VINDO ). Terceiro, que possamos estar preparados para sermos perseguidos e para sermos arrebatados por Jesus Cristo, e que possamos orar para um grande Avivamento na Igreja de Cristo.
Para baixar esta pregação em Video (Mp4) ou Audio (Mp3) acesse:
http://defesadoevangelho.com.br/baixar/

Ministério Online Defesa do Evangelho
WebSite: http://www.defesadoevangelho.com
Este ministério online tem por objetivo divulgar o Evangelho de Jesus Cristo. Como também defender as sãs doutrinas de Cristo. Que você seja edificado através deste ministério e que ele seja para a glória de Deus. Essa é a nossa oração. Defesa do Evangelho.
Fonte: http://www.youtube.com/user/defesadoevangelho
Mais sobre o avivamento: http://www.youtube.com/watch?v=TUNFQBLVNWE&feature=plcp

QUE POSSAMOS BUSCAR UM AVIVAMENTO VERDADEIRO DA IGREJA ATRAVÉS DO ESPÍRITO SANTO DE DEUS.
QUE DEUS NOS ABENÇOE, NOS LIBERTE, NOS SALVE E NOS PROTEJA!

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

URGENTE: Morte Espiritual dos Estados Unidos!

Julio Severo
Pela primeira vez em sua história, os Estados Unidos não têm mais uma maioria protestante, de acordo com um estudo recente.
Essa foi uma das principais manchetes da mídia americana nesta semana.
Igreja Reformada Collegiate sob a sombra do Edifício Empire State
Desde que os Peregrinos chegaram, os EUA eram uma nação predominantemente protestante. Mas o século XXI trouxe mudanças drásticas. A percentagem de adultos protestantes nos EUA atingiu 48 por cento em sua constante queda desde décadas atrás. Enquanto isso, o número de americanos que não têm nenhuma religião está crescendo, especialmente entre os brancos.
Essa é a primeira vez que o Fórum Pew sobre Religião & Vida Pública registrou com segurança que o número de protestantes caiu para baixo de 50 por cento.
Essa queda já era há muito tempo esperada e chega numa época em que o Supremo Tribunal dos EUA não tem nenhum juiz protestante, e quando o Partido Republicano, cujos líderes são historicamente protestantes, tem um candidato a presidente e vice-presidente que não são protestantes.
Entre os motivos para a mudança está que as grandes denominações protestantes tradicionais, abraçadas a um liberalismo agressivo que tem produzido pastores presbiterianos, luteranos e anglicanos gays, tem afastado membros mais conservadores, que buscam alternativas, inclusive nas igrejas não-denominacionais, que são majoritariamente carismáticas e neopentecostais.
As igrejas mais carismáticas são mais conservadoras, mais fechadas à ordenação de pastores gays e mais abertas ao Espírito Santo e seus dons, enquanto as grandes denominações protestantes tradicionais dos EUA são geralmente o exato oposto: são mais progressistas, mais abertas à ordenação de pastores gays e mais fechadas ao Espírito Santo e seus dons.
Mas nem todos estão optando pelas igrejas não-denominacionais. Um grande número de membros simplesmente abandona as igrejas protestantes tradicionais e fica sem religião. O número desses americanos que não quer nenhuma religião está agora em 20 por cento.
De acordo com reportagem recente da revista Veja, “43% dos evangélicos no final da adolescência e jovens adultos deixaram a igreja tradicional [presbiteriana, luterana, batista, etc.] para seguirem crenças mais liberais.”
Mayflower trouxe os primeiros colonos protestantes para os EUA
A grande preocupação é que, com o crescimento explosivo do liberalismo nas igrejas protestantes e a perda constante de seus membros, o protestantismo nos EUA está seguindo o caminho da Europa, onde as igrejas da Reforma estão lutando para não morrer.
Essa tendência tem implicações políticas, inclusive para o futuro dos EUA.
Os eleitores americanos que se descrevem como não tendo religião votam esmagadoramente em políticos esquerdistas, que já contavam com um apoio considerável dos eleitores protestantes progressistas.
O Pew revelou que os americanos que não têm religião apoiam o aborto e o “casamento” gay numa taxa muito mais elevada do que os protestantes progressistas.
Os evangélicos progressistas sempre foram um importante eleitorado do Partido Democrático, de linha agressivamente esquerdista. Mas agora os americanos sem religião demonstram ser eleitores mais sólidos para esse partido.
Os evangélicos conservadores, compostos em grande parte por carismáticos, pentecostais e neopentecostais, preferem o Partido Republicano, que tem metas políticas relativamente menos progressivas, mas está cada vez menos conservador e está sob menos influência evangélica.
Pela primeira vez na história do Partido Republicano, o candidato a presidente, Mitt Romney, é um homem pertencente ao mormonismo, uma seita não cristã.
O eleitor cristão conservador se depara com um dilema cruel na escolha dos candidatos na disputa presidencial de 2012: um mórmon de intenções duvidosas ou um evangélico progressista que não deixa dúvida alguma com relação à sua intenção já muito bem conhecida de impor a agenda gay no mundo inteiro, com a poderosa máquina do governo americano.
Romney pode ser menos agressivo, mas seu histórico político é também progressista. O primeiro estado americano a legalizar o “casamento” gay foi Massachusetts, sob o governo de Romney.
O avanço conservador moral decisivo hoje na sociedade e política americana vem sendo feito majoritariamente por carismáticos e neopentecostais, mas eles não têm ainda os números e poder social e político que as igrejas protestantes tradicionais tinham até recentemente. Pelo contrário, o conservadorismo carismático enfrenta resistências da esquerda americana, seja de igrejas históricas que adotaram o liberalismo ou da própria mídia pró-aborto e pró-“casamento” gay.
“Os líderes carismáticos que dão um passo para dentro das disputas políticas são normalmente atacados pela esquerda e pelos grandes meios de comunicação no momento em que eles são percebidos como eficazes ou influentes”, o Dr. John Stemberger disse num artigo da revista Charisma. “A esquerda tem transformado numa forma de arte virtual a demonização de qualquer líder [cristão carismático] famoso que assuma uma postura a favor dos valores cristãos”.
O que está acontecendo nos EUA, onde as grandes igrejas protestantes estão se inclinando pesadamente para a esquerda, não é diferente do que está acontecendo no Brasil, onde a igreja cristã predominante, a Igreja Católica, tem majoritariamente seguido a marxista Teologia da Libertação e cuja CNBB teve papel fundamental na fundação do PT.
A contaminação progressista tem feito nas igrejas protestantes históricas dos EUA o que tem feito na Igreja Católica sob domínio da CNBB no Brasil: o enfraquecimento do conservadorismo que defende a família natural contra o totalitarismo esquerdista.
O que poderia salvar os evangélicos dos EUA de um destino catastrófico é uma volta, entre as grandes denominações protestantes, ao exemplo de Anthony Comstock, um evangélico americano do século XIX considerado campeão na luta contra a pornografia, a contracepção e o aborto.
Com informações do DailyMail e Associated Press.
Primeiro, vem a morte do Cristianismo nos Estados Unidos, mas depois, virá a perseguição contra os últimos Cristãos que restará nesta nação apostata. Veja como:
Trabalho elaborado e editado pelo Pr. Elso

O principio de dores e a manifestação do anticristo será com a igreja ainda por aqui na terra, mas após estas coisas a igreja sairá no arrebatamento, e a grande tribulação tomará conta do mundo, pelos homens que não terão piedade da humanidade.

Extraído do livro de David Wikerson "A visão"....
uma revelação dada a ele...
publicado em Janeiro de 1974...
Fonte: http://www.youtube.com/user/pastordopasto?feature=watch
Mais informções: http://juliosevero.blogspot.com/2012/05/futuro-presidente-dos-eua-obama-ou-mitt.html

Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto.
Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição,
O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus.
2 Tessalonicenses 2:2-4

A APOSTASIA JÁ VEIO, AGORA SÓ FALTA SERMOS ARREBATADOS E O ANTI-CRISTO VIR!
APOCALIPSE 22:16-21:
Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas. Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã.
E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida.
Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro;
E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro.
Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém. Ora vem, Senhor Jesus.
A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vós. Amém.

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

PRA PENSAR: VOCÊ TEM VERDADEIRAMENTE CONHECIMENTO?





No seu livro, Os Descobridores, Daniel Boorstin escreveu: “O maior obstáculo em descobrir a forma da terra, os continentes e o oceano não era a ignorância, mas a ilusão do conhecimento”. Muitas das grandes descobertas a respeito do mundo em que vivemos teriam chegado mais cedo, se não fossem tão relutantes em olhar novamente a situação aqueles que tinham as teorias errôneas. E nas nossas vidas também, o crescimento do conhecimento é atrapalhado pela “ilusão do conhecimento”, a convicção que sabemos algo quando, de fato, o que sabemos está incorreto. Will Rogers parece ter compreendido isso quando disse, “Não estou preocupado com o que as pessoas não sabem – o problema é que estão erradas sobre muitas das coisas que 'sabem'!”

Não há nada que mais certamente bloqueará o novo conhecimento do que a cabeça-fechada de um homem que acha que já tem todas as informações necessárias. É difícil dar novos fatos a uma pessoa se ela está imutavelmente satisfeita de que o seu conhecimento atual é suficiente. Já que as pessoas “oniscientes” são maus alunos, a atitude de “eu sei tudo” fará com que a pessoa nunca saiba muito a respeito de nada. Em relação a assuntos espirituais, Paulo escreveu, “Se alguém julga saber alguma coisa, com efeito, não aprendeu ainda como convém saber” (1 Coríntios 8:2). E ele descreveu alguns desta maneira: “Inculcando-se por sábios, tornaram-se loucos!” (Romanos 1:22). Quanto mais sábios nos achamos, mais tolos somos de verdade, e a nossa tolice provavelmente é aparente a todos menos a nós mesmos! 

Na literatura de sabedoria no Velho Testamento, uma das grandes diferenças entre a sabedoria e a tolice é que pode-se ensinar a pessoa sábia, e não o tolo. Não importa o quanto ele pense que saiba, o indivíduo sábio tem a humildade de ser corrigido, de aprender e de melhorar a exatidão de sua compreensão. O tolo, por outro lado, nunca vai além das limitações do seu pensamento atual porque ele pensa que já está certo sobre tudo: “O caminho do insensato aos seus próprios olhos parece reto, mas o sábio dá ouvidos aos conselhos” (Provérbios 12:15). “O insensato não tem prazer no entendimento, senão em externar o seu interior” (Provérbios 18:2).

Estas verdades no Velho Testamento são consistentes com aquilo que é ensinado no Novo Testamento a respeito da necessidade de estarmos mais preparados a ouvir do que a falar: “Sabeis estas coisas, meus amados irmãos. Todo homem, pois, seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar" (Tiago 1:19). Aprendemos muito menos do que poderíamos porque as nossas bocas estão em movimento quando os nossos ouvidos deveriam estar funcionando. Em um período de tempo muito grande, o nosso aparelho de comunicação está transmitindo quando deveria estar recebendo. 

O que é necessária geralmente na vida, e principalmente em assuntos espirituais, é a humildade de reconhecer quanto nós fazemos pouco. Nós precisamos guardar contra a “ilusão” do conhecimento – a impressão falsa de que sabemos muito quando na verdade sabemos pouco. Precisamos suspeitar de qualquer das nossas idéias, pois pode estar errada. Se não agirmos assim, jamais corrigiremos aquelas que estão.

Há, sem dúvida, um problema do lado contrário. Se a nossa noção de ter cabeça aberta nos fizer colocar um ponto de interrogação em cima de tudo que sabemos, então simplesmente trocaremos um tipo de tolice por outro. Infelizmente, os pensadores na nossa época parecem fazer exatamente isso. Nos dias em que filósofos respeitáveis podem dizer que eles não têm certeza nem da sua própria existência, o pior pecado que a pessoa pode cometer a respeito de qualquer assunto é ser “dogmática” sobre isso. As palavras “verdade” e “conhecimento” têm adquirido pequenas aspas condescendentes, e nos dizem que podemos acreditar em qualquer coisa que quisermos enquanto não temos certeza de nada. 

Certamente, seria perigoso ceder a esta especulação sobre o conhecimento no geral. Mas seria igualmente perigoso se jamais reavaliasse qualquer noção só por tê-la aceitada como verdade. Há horas para reconsiderar honestamente aquilo que nós temos acreditado e há horas para nos mantermos firmes naquilo que é certamente verdade. O senso comum geralmente pode diferenciar entre eles.

Paulo escreveu: “Ninguém se engane a si mesmo: se alguém dentre vós se tem por sábio neste século, faça-se estulto para se tornar sábio” (1 Coríntios 3:18). O verdadeiro conhecimento e sabedoria sempre são acompanhados por humildade. É a pessoa que está disposta a aprender que aprenderá. Admitir que alguém seja desinformado a respeito de muitas coisas é um passo doloroso que destrói orgulho, porém é um que deve ser tomado a praticamente cada esquina na estrada para o verdadeiro conhecimento.

–por Gary Henry
Fonte: http://reformandome.blogspot.com/

COMO PODEMOS TER CONHECIMENTO:

Para baixar esta pregação em Video (Mp4) ou Audio (Mp3) acesse:
http://defesadoevangelho.com.br/baixar/

Ministério Online Defesa do Evangelho
WebSite: http://www.defesadoevangelho.com
Este ministério online tem por objetivo divulgar o Evangelho de Jesus Cristo. Como também defender as sãs doutrinas de Cristo. Que você seja edificado através deste ministério e que ele seja para a glória de Deus. Essa é a nossa oração. Defesa do Evangelho.
Fonte: http://www.youtube.com/user/defesadoevangelho/featured

E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. (João 8:32)

Leiam e busquem a Palavra de Deus: http://www.bibliaonline.com.br/acf / http://www.biblegateway.com/

QUE O CONHECIMENTO DE DEUS NOS ENCHE COMO A ÁGUA ENCHE O MAR! (ISAÍAS 11:9)
AMÉM!

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Amada Amiga ERICA MEL!

Sem a tua amizade, eu não posso viver.
Você já está em meu coração,
Não posso te forçar a sair!
Me perdoe se eu já te fiz chrorar,
Eu já estou chorando por não ter você.
Eu não quero que a nossa amizade dure pra sempre.
Eu quero que a nossa amizade dure ETERNAMENTE!
EU
VOCÊ
Pode mos ser AMIGOS ETERNOS!


AMIGA ETERNA
Dedicado a minha melhor Amiga, ERICA MEL!

DEUS, ABENÇOE ESTA AMIGA QUE VOCÊ ME DEU!
TE AMO AMIGA!

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

ACORDA IGREJA: JESUS CRISTO ESTÁ VINDO! (2)



Fonte: http://www.youtube.com/user/gleydson70

Você está numa igreja onde, durante os cultos, é só paz e alegria, e após, mais alegria ainda? Você está numa igreja cujas ministrações lhe fazem sentir-se muito bem consigo mesmo(a)? Alguma coisa está errada aqui, desculpe-me.
O Evangelho de Jesus, para o mundo, não é lá muito reconfortante. Implica, basicamente, em "morrermos" para este mundo, e em "tomarmos nossa cruz" para seguir ao Mestre. Ora, quem quer morrer, e quem quer carregar o instrumento que lhe será o motivo de sua morte? O que você sentiria se um assassino lhe fizesse carregar, até o local do crime, a arma com a qual lhe matará?
Forte o que estou dizendo, não é mesmo? Muito melhor pular e gritar e louvar e ouvir palavras de ânimo em cima dos púlpitos, e voltar para casa com a certeza de que somos salvos e, mais do que isso, herdeiros da promessa e mais do que vencedores em todas as áreas da nossa vida: saúde, prosperidade, família, trabalho, etc, etc, etc.
Mas a Palavra de Deus ensina o que, de verdade?
Uma das passagens que mais fala ao meu coração está no episódio de Ananias e Safira, contado no livro de Atos, capítulo 5. Na igreja primitiva nada faltava a ninguém, pois quem tinha mais dividia com quem tinha menos ou não tinha, para que pudesse também ser provido. Assim, a igreja cumpria seu papel social e se deixava ser instrumento para o cumprimento daquilo que Jesus prometeu aos seus: que não precisavam se preocupar com o que comer ou vestir (Mateus 6.25-34). Porém, não era imposto a ninguém tal divisão de bens, a mesma ocorrendo por liberalidade e amor entre os irmãos.
Pois bem, Ananias e Safira venderam um terreno e se dispuseram a doar o valor em prol dos necessitados da igreja, porém esconderam uma parte. Diante de Pedro, seu pecado foi descoberto e o casal acabou morrendo de forma fulminante.
Veja bem como tal acontecimento repercutiu entre os "do mundo", entre aqueles que a igreja queria alcançar e evangelizar:
"E houve um grande temor em toda a igreja, e em todos os que ouviram estas coisas. E muitos sinais e prodígios eram feitos entre o povo pelas mãos dos apóstolos. E estavam todos unanimemente no alpendre de Salomão. Dos outros, porém, ninguém ousava ajuntar-se a eles; mas o povo tinha-os em grande estima. E a multidão dos que criam no Senhor, tanto homens como mulheres, crescia cada vez mais". Atos 5:11-14
Olha que coisa maluca: o episódio deixou a igreja atemorizada, afinal viram na prática que o pecado traz a morte. E os de fora, que poderiam ser alcançados facilmente com uma campanha de shows gospel (com harpas e trombetas, ao gosto local), não queriam se unir aos cristãos, com medo do que lhes poderia acontecer, por se reconhecerem pecadores. Mas, ao mesmo tempo, cresceu o número de cristãos. Louco, não é?
E, futuramente, vimos a "qualidade" desses novos cristãos, nascidos do verdadeiro arrependimento, fruto de uma pregação que lhes mostrou o quão pecadores e carentes da misericórdia de Deus eram: esses novos cristãos foram tão fiéis a Deus que se deixaram queimar nas cruzes, se deixaram ser alimento das feras nas arenas romanas, se deixaram martirizar de todas as formas. E quanto mais cristãos morriam, mais o Evangelho de Cristo se espalhava.
Olha que diferença em relação aos nossos dias! Na igreja primitiva, as pessoas não seguiam a Cristo em troca de bênçãos financeiras e em outras áreas da vida: seguiam a Cristo sabendo que isso lhes poderia custar a vida, de forma extremamente dolorosa, e lhes fazer perder tudo aquilo, materialmente falando, que conquistaram até então. Quem queria bênçãos financeiras e outras mais, continuava seguindo os sacerdotes e servindo a César.
Na igreja primitiva, as pessoas tinham verdadeiro temor de Deus e buscavam arrependimento constante. Hoje, nos achamos mais do que vencedores, mais do que salvos, mais do que libertos do pecado, e por isso podemos pecar todos os dias, em todos os momentos, afinal "o sangue de Jesus nos deixou alvos como a neve". Em tese, muito bonito. Na prática, arrependimento e conversão ZERO.
Vamos voltar às perguntas no início deste texto:
Você está numa igreja onde, durante os cultos, é só paz e alegria, e após, mais alegria ainda? Você está numa igreja cujas ministrações lhe fazem sentir-se muito bem consigo mesmo(a)?
O Evangelho de Jesus não é oba-oba, não é auto-ajuda, não existe para que fiquemos bem. Ao contrário, quanto mais conhecemos a Jesus e à Palavra, mais ficamos angustiados e temerosos. O verdadeiro seguidor de Cristo não consegue dormir direito, sabendo que tem uma fortuna particular e, lá fora, milhões de seres humanos (muitos deles também cristãos) estão morrendo de fome e de frio. O verdadeiro seguidor de Cristo não consegue viver um oba-oba gospel, sabendo que há milhares de cristãos nas masmorras, sendo torturados e mortos por terem optado por Jesus.
Duvida do que estou falando? Leia a Bíblia. Leia o Novo Testamento. Leia os sermões de Jesus e dos apóstolos. Veja o peso que se dá para o arrependimento, para a conversão para uma nova vida. E veja o peso que se dá para "bênçãos".
É lícito orar por bênçãos? Sim, é. Porém, as bênçãos não podem ser a razão de ser da nossa fé. Lembremos que Deus é soberano para nos dar aquilo que Ele quiser, e para não dar também, se Ele não quiser. Esse Evangelho, infelizmente muitas igrejas não pregam, já que tentam conquistar o consumidor com a promessa de sucesso em poucos dias.
Algumas pessoas acham que, quando fazemos protestos pacíficos, as frases em nossas faixas e camisetas são agressivas. Sinto informar que de agressivas elas não têm nada, se formos nivelar por Cristo. Em muitos eventos dos quais participamos, Ele viria com o chicote e derrubaria as mesas. Nós, timidamente, apenas estendemos frases bíblicas, que soam com verdadeiros xingamentos para quem não quer ver a Verdade.
Muitos pregadores temem afastar os fiéis, caso preguem o que realmente está na Bíblia. Para agradar à platéia, suas ministrações resumem-se em promessas de grandes ganhos financeiros, curas de todas as doenças e afins. Seus cultos se mostram de acordo com a preferência geral: muita música, regada a expressões emocionalistas, que levam os fiéis facilmente às lágrimas (não de arrependimento, mas de pura emoção, como as que nos caem nos olhos após ouvir qualquer música bonita). Tais lágrimas são comumente confundidas com "unção", quando não passam, muitas vezes, de puro extravasamento humano. Para finalizar, um pregador-showman, que sabe fazer piadinha na hora certa, tem carisma e fala aquilo que as multidões querem (não o que precisam) ouvir.
Queremos seguir a Cristo? Então temos que viver como Ele viveu. Cristo viveu à caça de riquezas e de bênçãos para Si? E os apóstolos, também viveram correndo atrás das bênçãos? E os profetas?
E por que nós, que nos dizemos Seus seguidores, agimos assim?
Quer pregar o Evangelho de Jesus? Não tema desagradar aos homens, pois é isso mesmo que você fará. E desagradar não é novidade nenhuma, pois todos os profetas e pregadores bíblicos desagradaram as multidões do seu tempo. Se seu Evangelho agrada às multidões, repito, alguma coisa está errada.
O verdadeiro Evangelho é aquele que, mesmo desagradando ao ser humano, o traz aos milhares aos pés de Jesus. Esses milhares buscam a Cristo pelo que Ele é, pois o maior tesouro Ele já nos deu: a salvação eterna.
Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos? Porque todas estas coisas os gentios procuram). De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas; mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Não vos inquieteis, pois, pelo dia amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal. – Mateus 6:31-34
Fonte: http://www.igrejabiblicapalavradevida.com/

Fonte: http://www.youtube.com/user/gleydson70

O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.
2 Pedro 3:9


Mais informação: http://verdadesementirasnessemundo.blogspot.com/2012/07/acorda-igreja-jesus-cristo-esta-vindo.html

Se arrependam enquanto há tempo!
Deus nos abençoe!