Sou de Cristo

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Para Os Ateus 25 (O Ônus da Prova)

Olá pessoal! Agora vou me aprofundar sobre a “inversão do ônus da prova”. Os “ateus” vivem dizendo que nós, cristãos, devemos provar a existência de Deus, porque somos nós que cremos nele, mas que eles não precisam provar nada, pelo simples fato de “eles creem que Deus não existe”. Só que tem o porém: Por que só nós, os cristãos, devemos provar a existência de Deus, mas os “ateus”, não precisam provar a inexistência dele? Os “ateus” vivem dizendo que Deus não existe, porque não tem provas da existência dele, mas esquecem que também não tem provas da inexistência de Deus, então, se for pensar como eles, Deus existe por falta de provas da inexistência dele.
As questãos são: Quem tem que provar que Deus existe ou não? Nós, cristãos, que devemos provar a existência de Deus, ou são os “ateus” que devem provar a inexistência de Deus? Pense um pouco!
Vamos analizar: À mais de 500 anos atrás, com certeza 99% da população mundial tinha a total convicção que Deus existe, e os outros 1%, “simplesmente não acreditavam em Deus”. Nesta época, ninguém discutia se Deus existia ou não, pois já sabiam que Ele existe. No século 19 em diante, começaram a surgir filosofos “neo-ateus”, que além de negarem a existência de Deus, ainda combatiam as religiões, e queriam excluir Deus em todas as coisas e lugares. Foi nesta época, que a “militância neo-ateia” começou a ganhar forças e fama. Os “neo-ateus” começaram com a militância deles, usando a filosofia, e um pouco depois, eles entraram na ciência para propagar a ideologia deles. Até hoje, as principais armas dos “neo-ateus”, são a filosofia e a ciência, mas até hoje, mesmo eles terem tomado conta da filosofia e da ciência, eles não consiguiram provar a inexistência de Deus, apenas cresceu a ideologia deles. Deste o início, a “militância neo-ateia” vem combatendo as religiões e a idéia de um Deus, com alegação que “Deus não existe”, mas nunca provaram que estavam certos, pois eles nunca provaram a inexistência de Deus. Agora, os “neo-ateus” sabendo que é impossível provar a inexistência de Deus, eles tiveram um plano para eles terem mais credibilidade na ideologia deles: “Desafiar todos aqueles que creem em Deus, à provarem que Ele existe.” Sacaram o esquema!? Antes, os “neo-ateus” viviam dizendo que “Deus não existe”, tentaram até provar isso através da filosofia e da ciência, mas fracassaram e estão até dizendo que “não é possível provar a inexistência de Deus”, e para não se darem por vencidos, eles inverteram o “ônus da prova”, dizendo que nós, cristãos, temos a obrigação de provar a existência de Deus, pois se não provamos isso, nós estamos errados em dizer que Deus existe e que é irracional crer nele, “como se não fosse errado dizer que Deus não existe e que é irracional não crer nele, porque não está provado a inexistência de Deus”. E para tentar garantir a vitória, os “neo-ateus” dizem que eles não tem nenhuma obrigação de provar que Deus não existe, porque eles só “não creem” em Deus, “como se isso fosse verdade!
E agora!? Quem tem que provar que está certo? Os cristãos ou os “neo-ateus”? Pense! Quem começaram propondo que Deus não existe? Os “neo-ateus”. Quem “afirmam” que Deus não existe? Os “neo-ateus”. Os cristãos e os religiosos em geral, não discutiam se Deus existia ou não, pois, por que discutir uma coisa que já sabiam!? Antigamente, muitos ateus apenas “não acreditavam em Deus”, só que, “eles não diziam que Ele não existia”. Com o surgimento do “neo-ateísmo”, surgi a proposta da inexistência de Deus e a afirmação que Deus não existe, mas nenhum “neo-ateu” conseguiu provar suas idéias, e mesmo assim, eles creem cegamente que estão certos. Foram os “neo-ateus” que começaram “propondo e afirmando que Deus não existe”, e se eles querem provar que estão certos, eles tem a obrigação de provar que as idéias deles estão certas, pois quem propõe e afirma algo, é que tem que provar que está certo. Se um "ateu" propõe ou afirma que Deus não existe para um cristão, quem tem que provar que está certo é o "ateu". Se um cristão propõe ou afirma que Deus existe para um "ateu", quem tem que provar que está certo é o cristão. Se foi a “militância neo-ateia” que começou propondo e afirmando que Deus não existe, então, é esta militância que deve provar que está certa, e os cristãos podem muito bem responder que Deus existe, caso esta militância não provar que está certa. Então, quase sempre, o “ônus da prova” está com os “neo-ateus”, e só pode estar com nós, cristãos, se caso nós propomos ou afirmamos que Deus existe.
O “ônus da prova” sempre está para quem propõe ou afirma algo, e isso vale para os “ateus”, cristãos, e todas as pessoas que o fazem. Então, se vocês, “neo-ateus”, estão certos quando propõem e afirmam que Deus não existe, e querem convencer nós, cristãos (ou as pessoas em geral), provem que estão certos! "Vão aceitar o desafio ou vão ser covardes de inverterem o ônus da prova!?"

Antes que os "ateus e neo-ateus" digam que eu estou invertendo o
ônus da prova e que eu estou me acovardando, eu vou mostrar minhas evidências da existência de Deus, mesmo que vocês não aceitem estas evidências como prova que Deus existe, mas vou mostrar que minha fé em Deus não é cega:
Profecias que se cumpriram: http://verdadesementirasnessemundo.blogspot.com/2011/02/para-os-ateus-14-profecias-que-se.html / http://verdadesementirasnessemundo.blogspot.com/2011/02/para-os-ateus-15-profecias-que-se.html
Israel:
http://israelemportugues.blogspot.com/2011/05/israel-o-isla-e-o-armagedom.html
A ciência comfirma que a Bíblia está certa: http://www.youtube.com/user/TheDocil43?feature=mhee#p/c/8594C8EC353D6CAD/0/HVom9RBRt24

Eu estarei esperando por voc
ês, "ateus e neo-ateus"!

5 comentários:

Diego disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Diego disse...

A prova cabe a quem faz uma afirmação que algo existe. Por exemplo, se afirmo que duendes azuis existem, cabe a mim provar que a afirmação é verdadeira.

₪Black Sheep₪ disse...

Por que Ateus está entre aspas?
Eu não acredito em Deus, por uns 30motivos que vão de ordem fenomenológica, científica e filosófica... E eu não afirmo nada, só acho, assim como você acha que existe... Eu era católico, porém muito flexível, com argumentos plausíveis, me tornei ateu e hoje me orgulho desta escolha.

Andark disse...

Só uma pergunta.
Antes do século XIX a Igreja já afirmava que Deus existe, logo quem começou isso foram os teístas, não foi?
Bom, até hoje não existe uma forma de provar que Deus exista, mas da mesma forma que não é possivel provar que Deus exista ou não, é possivel provar por exemplo que mula sem-cabeça não exista, ou seja, é impossivel provar que algo não exista. Outro exemplo, me prove que unicórnio exista. Não tem como não é? Mas você não acretita em unicórnio. A questão não é quem começou a afirmar tal coisa, mas sim se aquilo faz sentido. Se Deus faz sentido para você ótimo, só peço que você questione se isso faz sentido, afinal não sou eu que tenho que provar nada para você, mas você que tem que provar para si mesmo.

Dollee disse...

haha